A Secretária de Vivência nos Campi, ao longo dos seus mais de 35 anos de existência, além de cumprir a sua missão de zelar pela segurança e vivência na Unicamp, foi agregando atividades de apoio à comunidade universitária, tais como guardar os objetos encontrados dentro do campus até que os seus proprietários viessem procura-los. As Unidades/Órgãos também recebiam objetos encontrados nos seus arredores e quando não identificavam os seus donos, procuravam a Diretoria de Vigilância (como a SVC era definida antigamente) no intuito de centralizar ali a guarda, visando facilitar a busca do objeto no futuro. Essa prática se consolidou devido ao crescente volume de objetos encontrados pelos vigilantes ou entregues por membros da comunidade universitária, para a guarda da Vigilância.

Anualmente, antes da pandemia, uma média entre 1000 e 2000 objetos eram encontrados perdidos, percebeu-se então a necessidade de organizar a guarda e busca dos “Achados e Perdidos”. Para tanto, em 2009, foi montada uma equipe de funcionários que desenvolveram um projeto cujo objetivo foi definir e normatizar os procedimentos para guarda, armazenamento, disponibilização e destinação dos Achados e Perdidos (APs), centralizados na Vigilância do Campus e em locais pré-definidos. Em 2010 o projeto foi concluído.

No início de 2014, a equipe da Informática da Prefeitura desenvolveu um sistema onde são inseridas as características dos APs encontrados e entregues na Vigilância de forma que qualquer pessoa, dentro ou fora do campus, poderá acessar para uma busca previa de algo que pensa ter perdido no campus, antes de se dirigir a Vigilância para verificar se foi encontrado e restitui-lo. O sistema pode ser acessado pelo site da SVC, na seção SERVIÇOS.

Os objetos guardados no Achados e Perdidos são mantidos pela Vigilância do Campus até os meses de julho e dezembro, quando são retirados do sistema, respeitando um prazo mínimo de um mês guardado . Documentos pessoais, como Carteira de Motorista, RG, CPF, Título de Eleitor, Passaporte e Carteira de Trabalho, após o prazo de 90 dias, serão encaminhados para a Empresa Brasileira de Correios, Identidades estudantis e funcionais emitidas pela Unicamp, serão enviadas para a Diretoria Acadêmica (DAC) e Diretoria Geral de Recursos Humanos (DGRH), respectivamente. Após identificar a perda do objeto, o proprietário poderá se dirigir até o prédio da SVC, localizado na Rua Albert Einstein 763, para comprovar a posse e retirar o que perdeu. O horário de atendimento é das 8h30 às 17h30, segunda à sexta (exceto feriados). Para o campus de Limeira, os itens perdidos devem ser retirados na SAR (Secretaria de Administração Regional).

Dentre os vários objetos que a SVC já guardou, alguns deles são: Celulares, Identidades estudantis e profissionais, Carteiras de motorista (CNH), Documentos de identidade (RG), Cartões de banco, Bolsas, Mochilas, Malas, Relógios, Óculos, Chaves, Calculadoras, Roupas, Estetoscópios, Botas, Cadernos, Livros, Capacetes, Colchonetes, Instrumentos musicais, Aparelhos de som, Bicicletas, Motocicletas,, Sacos com ração animal, Carriolas, Luvas de pedreiro, Extintores de incêndio, Ferramentas, Dinheiro em espécie e talões de cheques. Confira quais são os itens que foram mais guardados pela SVC, ao longo dos últimos anos.

A seguir, um gráfico com os números de itens guardados desde a instalação do Sistema digital do Achados e Perdidos, e outro de itens devolvidos ou encaminhados em 2022, até o mês de JUNHO: